Home > Ler sobre a casa > Que obstáculos tem a tua casa?

Que obstáculos tem a tua casa?

Foto de Que obstáculos tem a tua casa?
Numa casa podem existir todo o tipo de obstáculos. Além de causarem incómodo, são uma expressão dos teus bloqueios. Identificá-los é o teu ponto de partida para os libertares.

Partilha este artigo

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Linkedin
  • Tumblr
  • Pinterest
  • Blogger

Cada obstáculo que existe na tua casa representa um obstáculo na tua vida. É tão simples quanto isto. Se tu e a casa são um só, qualquer interferência ao teu movimento é um bloqueio a revelar-se. Podes senti-lo na incapacidade em mudar e tomar decisões, na falta de discernimento e clareza, na dificuldade em expressares quem és, e de tantas outra formas. De uma maneira geral, o que te obriga a parar, desviar ou hesitar, e acaba por te atrapalhar quando circulas na casa, é um obstáculo a pedir a tua atenção.

Os obstáculos geram desgaste, tornam tudo mais difícil, amplificam os desafios e limitam a tua liberdade. Mas não representam todos o mesmo. Consoante a sua localização e características, têm significados próprios e focam aspetos diferentes de ti. Identificá-los é o ponto de partida para os libertares. Se há alguns fáceis de resolver, outros nem por isso. Mas todos sem excepção são uma fonte poderosa de informação.

A VIVÊNCIA DO ESPAÇO

Há obstáculos que são criados pela vivência do espaço, nomeadamente quando tens algo a obstruir o corredor, deixas de conseguir usar uma divisão por estar demasiado caótica ou manténs sempre as portas fechadas. Ainda que alguns destes possam não ser simples de resolver, dependem da tua vontade e coragem em modificar hábitos ou encontrar soluções alternativas. Ou seja, podes transformá-los para que deixem de ser impedimentos ou limitações. Ao fazê-lo, crias condições para a energia circular livremente na casa, dentro de ti e nessas áreas específicas da tua vida.

A ESTRUTURA DA CASA

O desenho da casa também gera obstáculos quando dificulta a tua fruição do espaço. Aqui incluem-se todas as situações em que a estrutura da casa impede o teu movimento natural. Isto pode acontecer por teres uma parede a bloquear-te a passagem, por precisares de subir e descer várias escadas até chegares ao quarto ou por existir um pilar no meio da sala. A ação sobre estes elementos é menor, já que na maioria das vezes podes apenas minimizar o impacto que têm sobre ti. No entanto, através deles descobres aqueles lados de ti que precisas de (re)conhecer e aceitar, para depois seres capaz de enfrentar verdadeiramente os teus desafios.

O TEMPO DE VIDA

Há obstáculos com um tempo de vida muito curto. Podem causar incómodo, mas rapidamente desaparecem. Estou a falar dos sacos de roupa para dar ou daquelas coisas que estão atrás da porta até se saber o que fazer com elas. Frequentemente, estão associados a mudanças internas que se manifestam em limpezas e reorganizações da casa, onde o que já não tem a ver contigo vem à superfície e sai. Se a questão ficar resolvida, o obstáculo nem chega a durar um dia. Mas, se for algo que ainda exige algum ajuste, acaba por ficar mais uns tempos até ser libertado. Além de exibirem a tua transformação, todos representam apenas eventos transitórios.

Além destes, há ainda os obstáculos permanentes, onde se incluem os estruturais que já referi, mas também as acumulações e desarrumações que ocorrem sempre no mesmo local e nunca se resolvem. Estas traduzem obstruções mais graves à tua energia e revelam questões tuas mais profundas e muitas vezes desconhecidas, que devem ser analisadas de perto. Se o processo para eliminares algum obstáculo se torna impossível por maior que seja a tua dedicação, então está na altura de descobrires o que isso representa para ti.

Ao conheceres bem os teus obstáculos, tens a incrível oportunidade de os libertar para poderes avançar livremente. Vamos a isso?


Recebe as novidades no teu email