Home > Ler sobre a casa > Vê bem a tua realidade!

Vê bem a tua realidade!

Foto de Vê bem a tua realidade!
As janelas são uma ponte de ligação entre ti e a realidade. Descobrires o que elas te estão a deixar ver do teu mundo é um enorme passo para o entendimento do que acontece na tua vida.

Partilha este artigo

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Linkedin
  • Tumblr
  • Pinterest
  • Blogger

Cada casa tem uma maneira muito própria de olhar à sua volta e de comunicar com o exterior. Tal como cada um de nós, nem todas as casas olham com a mesma intensidade, clareza, naturalidade e abertura. Há casas que olham de frente, outras que vêm só o que lhes apetece, outras que não conseguem ver nada, outras ainda que não têm olhos a medir. Não há janelas ideais, há janelas muito variadas.

Se imaginares a casa como um corpo, as janelas são os olhos através dos quais ela interage com o mundo e uma ponte de ligação entre ti e a realidade. E se a casa és tu, então as janelas são também a expressão do teu próprio olhar. Assim sendo, elas manifestam a visão que tens da realidade e a tua capacidade de orientação. Ou seja, observares as janelas da tua casa pode ajudar-te a compreender para onde estás a olhar, de que forma estás a olhar e que percepção estás a ter do que vês. E, consequentemente, se estás a ir na direcção certa para ti.

As janelas funcionam como lentes e simbolizam a maneira como observas qualquer aspeto da tua vida, a percepção que tens do que te acontece, a ideia que trazes sobre o teu futuro e o modo como avalias todas as situações. São os teus olhos para o mundo. Se a perspectiva é ampla e luminosa, mostra que estás naturalmente mais disponível para ter um ponto de vista assertivo sobre as coisas. Mas se a perspectiva é confusa e obstruída, pode querer dizer que não estás a alcançar o discernimento que precisas.

Para descobrires que panorama tens sobre a vida, começa por questionar cada uma das tuas janelas:

1. Está livre e acessível? Uma janela liberta e sem obstáculos oferece uma visão completa, tal como uma janela com gradeamento ou inacessível pode bloquear o entendimento até das questões mais insignificantes. Na primeira, abres caminho para ver e conhecer as coisas tal como elas são. Na segunda, fechas-te e perdes a conexão com a realidade. De uma forma geral, uma janela à qual consegues aceder facilmente, permite-te observar tudo com maior abertura. Pode ainda acontecer a janela ter uma parte sempre escondida e inacessível, limitando assim a tua clareza face a aspectos específicos da vida. 

2. Deixa-te ver bem? Quando olhas pela janela, é desejável que consigas ver nitidamente o que existe no exterior, independentemente do que é. Se o vidro é transparente e abres os cortinados diariamente para entrar a luz natural, a tua visão torna-se focada, estruturada e coesa. Mas se o vidro é fosco, os estores estão sempre fechados e deixas que se acumule muita sujidade, o teu ponto de vista passa a ser caótico, ambíguo e imperceptível. Neste caso, há coisas que estão mesmo à tua frente mas podes não estar a ver.

3. Tem a tua medida? Se a janela for demasiado pequena para ti, podes não ver o suficiente. Se for demasiado grande, podes não ser capaz de processar tanta informação de uma vez. Isto significa que o tamanho da janela precisa de estar alinhado com a forma como desejas percepcionar o mundo e comunicar com ele. 

4. É saudável e funcional? Uma janela danificada ou que não abre nunca não te permite usufruir de uma vista privilegiada sobre a tua vida. Quer seja por ter os vidros partidos, os fechos, dobradiças e calhas em mau estado, ou os estores sem funcionar, transmite uma dificuldade em analisar e apreender a realidade. Ainda que seja uma janela antiga, pode ser uma ótima janela para te debruçares sobre o teu universo.

5. Oferece-te um cenário inspirador? O que observas através da janela é essencial para nutrires a tua vida e conseguires orientar-te. Se o cenário é inspirador para ti, perfeito. Se não o é, está nas tuas mãos criar dentro de casa ou na varanda essa atmosfera mais acolhedora que precisas.

Ao escolheres conhecer e cuidar das janelas da tua casa, estás a contribuir para transformar a perspectiva que tens das coisas. Isso vai permitir-te olhar para as situações a partir de um novo ângulo. Claro que mudar uma janela pode não ser uma opção, mas transformar algumas das suas características é perfeitamente possível. Vamos a isso?


Recebe as novidades no teu email